quarta-feira, 5 de agosto de 2009

TUDO DE ACORDO COM DEUS

Deus não quer ESTAR em nossa vida; Ele quer SER a nossa vida. A Palavra de Deus tem de estruturar nosso pensamento sobre todas TODAS as coisas e não apenas sobre temas "religiosos", caso contrário, nossa fé ficará comprometida. Pôr o cristianismo dentro de uma cosmovisão não cristã é IDOLATRIA.

Maiores informações, clique AQUI.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

CALVINISMO, CONFORME A REVISTA TIME, É A IDEIA QUE ESTÁ MUDANDO O MUNDO


A revista Time apontou o novo Calvinismo em terceiro lugar, na sua matéria de capa sobre as 10 Idéias transformando o mundo na atualidade(...).

Maiores informações, clique AQUI.

terça-feira, 21 de abril de 2009

BERLIM DEDICA EXPOSIÇÃO A REFORMADOR JOÃO CALVINO

Berlim dedica exposição a reformador João Calvino

Diz-se que as ideias de Calvino, reformador da igreja no século 16, inspiraram a democracia moderna e o capitalismo. Hoje, 500 anos após seu nascimento, o Museu
Histórico Alemão lhe dedica exposição em Berlim.

Com mais de 360 documentos históricos, obras de arte e objetos litúrgicos, a atual mostra de Berlim é a maior exposição na Europa durante o Ano Calvino, que marca os 500 anos do reformador nascido em 10 de julho de 1509, na cidade francesa de Noyon.

A exposição tem como foco a pessoa de Calvino e sua influência na Europa. A mostra também trata de temas como expulsão, migração e minorias — assuntos problemáticos para o continente durante diferentes épocas. O próprio Calvino foi forçado a fugir da França para a Suíça em 1535, quando a tensão religiosa levou a levantes violentos contra protestantes.

Isso aconteceu numa época em que a Europa estava dominada por monarcas e a Igreja Católica tinha grande influência tanto na política quanto na sociedade civil. E fazia apenas duas décadas que o alemão Martinho Lutero havia pregado suas 95 teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, defendendo a salvação através da fé e acendendo, inadvertidamente, a centelha da Reforma Protestante.

Foi nesse contexto que Calvino desenvolveu e propagou o movimento protestante que se iniciava. Mais tarde, sua doutrina teológica ficou conhecida como calvinismo.
O nascimento do Estado sem corrupção

Em entrevista à Deutsche Welle, o teólogo católico e professor aposentado Arnold Angenendt declara que “o calvinismo influenciou decididamente a forma moderna de vida”. Segundo o teólogo, Calvino é interpretado como aquele que disse que qualquer erro é sinal de que se foi abandonado por Deus.

O calvinismo é conhecido por propagar o trabalho duro, a confiabilidade e o perfeccionismo. Angenendt explica que “a ética calvinista criou o funcionário público responsável e profissional”. Para o historiador, isso significou “o nascimento do Estado europeu”.

Um funcionário público que se comporta conforme a ética calvinista não está passível de envolvimento com a corrupção. Os países ocidentais mais influenciados por Calvino têm governos menos corruptos que seus vizinhos do Leste, afirma Angenendt.
Responsabilidades individuais

As igrejas calvinistas são caracterizadas não somente pela forte consciência ética, mas também pela organização não-hierárquica, diz em entrevista à Deutsche Welle Achim Detmers, da Igreja Luterana na Alemanha. Esta igualdade “democrática”, segundo ele, não traz somente liberdade, mas também responsabilidade.

O calvinismo não prescreve um credo universal para cada situação. Em vez disso, novas situações históricas — como o surgimento do nazismo na Alemanha dos anos de 1930 ou tempos de desigualdade econômica — requerem que fiéis leiam novamente a Bíblia e façam interpretações relevantes, diz Detmers.

A redução da influência política eclesiástica e a ênfase no papel do indivíduo são todos ensinamentos do calvinismo, que têm mais em comum com a moderna democracia europeia do que com as últimas monarquias medievais.

“Calvino defendia um democracia aristocrática. Ele defendia uma separação administrativa da Igreja e do Estado, embora quisesse assegurar que a sociedade estava embasada em princípios cristãos como Os Dez Mandamentos”, explica o teólogo alemão.

Detmers comenta que particularmente em comparação com outras doutrinas, que são organizadas mais hierarquicamente e dão menor valor à participação dos fiéis, o calvinismo oferece às sociedades “modernas” um grande potencial de inovação e reflexão.

Uma solução calvinista para a crise financeira?

O clérigo luterano adverte, no entanto, que não deve ser estabelecida uma ligação muito forte entre Calvino e o desenvolvimento da democracia moderna e do capitalismo, chamando a atenção para o papel exercido por uma série de outros fatores sociológicos e históricos neste contexto.

Se os ideais calvinistas — baseados mais no medo do que na misericórdia — tiveram uma maior influência na sociedade atual, já é uma outra questão.

Na abertura da exposição em Berlim nesta semana, o premiê holandês, Jan Peter Balkenende, salientou que a forte ética de trabalho, que é parte importante da teologia calvinista, “se transformou num sistema moral”.

À luz da atual crise econômica, seria “bom se os mercados financeiros fossem mais fortemente governados por estes princípios”, afirmou Balkenende.
Bastiões da teologia reformista

Mais de 25 milhões de pessoas fazem parte da Igreja Luterana na Alemanha, de acordo com informações da própria Igreja. Desses, dois milhões pertencem às igrejas protestantes reformadas. Outros bastiões da teologia reformista na Europa são a Suíça, a Holanda, a Hungria, a Escócia e a França.

Na Alemanha, os membros das igrejas reconhecidas pelo Estado pagam uma dízimo mensal às Igrejas Católica e Protestante. No país, a Igreja Católica conta oficialmente com 25 milhões de fiéis.

A exposição Calvinismo fica aberta até 19 de julho próximo no Museu Histórico Alemão, em Berlim.























Autora: Kate Bowen
Revisão: Soraia Vilela
Fonte: Deutsche Welle
Divulgação: www.juliosevero.com


Faça os cursos gratuitos, com certificados e pela internet de "Filosofia Reformacional”, “Administração Reformacional”, “Economia Reformacional” “Pedagogia Reformacional”, “Educação Infantil Reformada" e "Direito Reformacional" e “Namoro/Noivado/Casamento/Família Reformacional” (vários outros temas), todos focado em Aprender a Pensar com Excelência - Superando os Reducionismos do Naturalismo, Deísmo, Niilismo, Existencialismo, Securalismo, Positivismo, Panteísmo-Orientalista e Pós-Modernismo) - Solicite gratuitamente o formulário de inscrição.

SOLI DEO GLORIA / SOLA SCRIPTURA / SOLA GRATIA / SOLA FIDE / SOLUS CHRISTUS


Prof. Luis Cavalcante
Fones: (11) 3448-3124 / 9675-4019

E-mail: cavalcante@luiscavalcante.com
Site: www.luiscavalcante.com

http://sabedoriaverdadeira.blogspot.com

http://administracaoreformacional.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://economiareformacional.blogspot.com

http://iber-ipo.blogspot.com

http://luis-cavalcante.blogspot.com

domingo, 19 de abril de 2009

A MORAL E O CIVISMO

A moral e o civismo

QUANDO ALGUMAS palavras começam a sofrer desgaste pelo uso, é bom que se consultem os dicionários. As palavras acima, por exemplo.

Moral significa, entre outras coisas, bons costumes, boa conduta, segundo preceitos coletivamente estabelecidos. Já civismo é a fidelidade ao interesse público e também é sinônimo de patriotismo.

Isso me ocorreu ao refletir sobre o papel da escola -complementar à responsabilidade da família- na educação para valores de nossas crianças e adolescentes.
No passado, a educação moral e cívica era obrigatória no currículo escolar brasileiro. Foi adotada por decreto a partir de 1969 e excluída no fim do período militar.

É compreensível. A disciplina era identificada com alguns dos piores aspectos do regime, vista como algo imposto à sociedade civil, um programa de exaltação ufanista do país que ignorava nossas mazelas e um entrave à liberdade de crítica no meio estudantil.

Temo, porém, que, ao simplesmente eliminarmos o ensino de moral e civismo quando da redemocratização, em vez de reformulá-lo para os novos tempos que surgiam, tenhamos incorrido no erro clássico de jogar fora a criança junto com a água de seu banho.

A reinserção desses conteúdos no currículo atual de nossas escolas passa, obviamente, pela negação e pelo esquecimento das distorções do passado, porque nosso olhar deve estar posto no futuro.

O que é inquestionável é a obrigação da escola quanto ao tratamento de temas essenciais à vida do jovem, como senso de comunidade, espírito de cidadania, a ideia de que existem limites ao comportamento e de que o convívio em sociedade só é possível quando se respeita o outro, bem como as leis que regem tal convívio.

Nossos professores precisam transmitir mais que a mera instrução: junto com as famílias, devem ensinar aos alunos valores que os embasem na construção de suas próprias visões de mundo.

Um dos males que afetam os adolescentes de hoje é o relativismo exacerbado com que veem tudo. O ensino de moral e civismo nas escolas viria combater isso, ao informar que existem sim verdades sólidas, como a relevância da ação construtiva voltada para o bem comum e o amor à pátria, ainda que este não implique a negação da existência de problemas no Brasil.

Sem ignorar a responsabilidade que cada um tem por aquilo que é e faz, penso sim que a volta de uma disciplina que estimule o debate de temas como ética e vida em sociedade pode melhorar o caráter de nossos jovens e, por consequência, o dos adultos que eles um dia serão.
________________________________________
EMÍLIO ODEBRECHT escreve aos domingos nesta coluna.
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz1904200905.htm
São Paulo, domingo, 19 de abril de 2009

segunda-feira, 6 de abril de 2009

04/04/2009 - d.C. - PRIMEIRA REUNIÃO DE ORAÇÃO, ESTUDO BÍBLICO E PESQUISA CIENTÍFICA DO PROJETO GRACE - UNIFIEO/DIREITO

04/04/2009 - d.C. - PRIMEIRA REUNIÃO DE ORAÇÃO, ESTUDO BÍBLICO E PESQUISA CIENTÍFICA DO PROJETO GRACE - UNIFIEO/DIREITO





domingo, 29 de março de 2009

A LEI DE DEUS É USADA PARA TRÊS PROPÓSITOS PRINCIPAIS:

A lei de Deus é usada para três propósitos principais:

1). Para levar o pecador a confiar em Cristo somente, o único que guardou a lei perfeitamente.

2). Para fornecer um padrão de obediência para o cristão, pelo qual ele possa julgar seu progresso na santificação.

3). Para manter a ordem na sociedade, restringindo e punindo o mal civil.


Fonte: http://www.monergismo.com/?s=teonomista

O QUE É MONERGISMO?

Monergismo (regeneração monergística) é uma benção redentora adquirida por Cristo para aqueles que o Pai lhe deu (1 Pedro 1:3; João 6:37-39). Ela comunica aquele poder na alma caída pela qual a pessoa que deve ser salva é eficazmente capacitada a responder ao chamado do evangelho (João 1:13). Ela é aquele poder sobrenatural de Deus somente pelo qual nos é concedida a capacidade espiritual para cumprir as condições do pacto da graça; isto é, para apreender o Redentor por uma fé viva, para se achegar aos termos da salvação, se arrepender dos ídolos e amar a Deus e o Mediador supremamente. O Espírito Santo, ao vivificar a alma, misericordiosamente capacita e inclina o eleito de Deus ao exercício espiritual da fé em Jesus Cristo. Este processo é o meio pelo qual o Espírito nos traz à viva união com Ele.

http://www.monergismo.com/

C.H.SPURGEON

sexta-feira, 27 de março de 2009

A SUPOSTA MORTE DA EPISTEMOLOGIA E O COLAPSO DO FUNDACIONALISMO CLÁSSICO

A Suposta Morte da Epistemologia e o Colapso do Fundacionalismo Clássico por Davi Charles Gomes

O autor é ministro presbiteriano e doutor em Estudos Históricos e Teológicos com concentração em Apologética (Ph.D.) pelo Westiminster Theological Seminary, em Filadélfia. É professor do Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper.

OLHO POR OLHO: A LEI DE TALIÃO NO CONTEXTO BÍBLICO

OLHO POR OLHO: A LEI DE TALIÃO NO CONTEXTO BÍBLICO
Mauro Fernando Meister*

O artigo busca demonstrar que a chamada “Lei de Talião” (olho por olho, dente por dente), no contexto bíblico, é justa, serviu ao propósito de Deus naquele tempo para a vida do seu povo e deveria continuar a servir de parâmetro para a lei civil proclamada pelo Estado em seus códigos civil e penal. Ainda que a lei civil do sistema mosaico não mais seja normativa em nossos dias, ela tem uma função pedagógica que, se refletida em nossas leis, nos permitiria viver em um contexto social mais justo. Não só a “Lei de Talião”, mas diversas outras leis bíblicas de natureza civil deveriam servir como inspiração para a legislação aplicada pelo Estado, a exemplo da lei da proporcionalidade da restauração em crimes contra a propriedade. É fundamental lembrar que o sistema bíblico de leis civis, ainda que concebido e aplicado a uma situação temporal particular, é um sistema construído sobre a lei moral de Deus.

* O autor é doutor em Literatura Semítica pela Universidade de Stellenbosch, na África do Sul, professor de Antigo Testamento e coordenador do curso de Mestrado em Divindade (M.Div.) no CPAJ e um dos pastores da Igreja Presbiteriana da Lapa, em São Paulo.

CALVINO E O DIREITO DE RESISTIR AO ESTADO por Armando Araújo Silvestre

Calvino e o Direito de Resistir ao Estado por Armando Araújo Silvestre

Resumo

A partir da Reforma Protestante do século XVI grandes mudanças foram verificas na esfera política européia. Genebra aderiu à causa reformada, em 1536, e a cidade foi o palco das maiores contribuições políticas e poimênicas do reformador Calvino: os seus escritos, suas atividades políticas e pastorais, bem como a sua atuação criando a Academia de Genebra e na reestruturação da Igreja na cidade. O artigo versa sobre o tema da resistência ao Estado no pensamento político de João Calvino, analisando, entre as suas obras, particularmente os seus escritos políticos, ainda que não formem um corpus distinto. Para tanto, o texto privilegia o capítulo XX das Institutas ou Instituição da Religião Cristã, no qual se encontram indicações para a resistência ao Estado. Portanto, para compreender a teoria da resistência segundo Calvino, é mister analisar brevemente a questão da obediência/desobediência nos primórdios da Reforma , a influência que Calvino sofreu de Lutero e dos luteranos, fazer uma síntese do pensamento político do Reformador de Genebra e, por fim, analisar a importância dos magistrados populares para a resistência aos magistrados superiores (Estado).

Doutor e mestre em Ciências da Religião pela UMESP, licenciado em Filosofia pela Unicamp e bacharem em Teologia pelo SPS – Campinas. Após lecionar por vários anos na Universidade Presbiteriana, atualmente é professor da Pós-Graduação em Ciências da Religião da mesma instituição e professor colaborador do CPPG Andrew Jumper, além de professor de filosofia e de sociologia em outras faculdades de São Paulo.

PROJETO GRACE

PROJETO GRACE – Unifieo/Direito
Grupo Acadêmico de Cristãos e Evangélicos na UNIFIEO para Oração, Estudo Bíblico e Pesquisa Jurídica*

01. Atividades de Oração e Estudo Bíblico do Projeto Grace:

1. Solicitação de orações no e-mail: projetograce@bol.com.br (os associados estarão orando e intercedendo)

2. Estudo Bíblico por Correspondência:

Parte Geral – ENCONTRO COM JESUS CRISTO

Cap. I - Encontro do “Jovem” Marcos com Cristo
Cap. II - Encontro do “Médico” Lucas com Cristo
Cap. III - Encontro do “Trovão” João com Cristo
Cap. IV – Encontro do “Coletor de Impostos” Mateus com Cristo
Cap. V - Seguir a Jesus – O Mais Fascinante Projeto de Vida
Cap. VI – Como Saber se Você é um Verdadeiro Cristão
Cap. VII – Mitos e Neuroses: desarmonia da vida moderna – Dr. Paul Tournier
Cap. VIII – Existe uma Forma Cristã de Pensar
Cap. IX - Cosmovisão Cristã
Cap. X - A Relevância do Teísmo Cristão para a Ciência

Parte Especial – ENCONTRO COM A JUSTIÇA

Estudo da Epístola aos Romanos sobre a Verdadeira Justiça pelo “Doutor da Lei”, Apóstolo São Paulo

3. Encontros de Oração e Estudo Bíblico

02. Atividades Acadêmicas do Projeto Grace:

CEFID - Centro de Estudos de Filosofia do Direito “Prof. Dr. Herman Dooyeweerd”
CETED - Centro de Estudos de Teologia Bíblica e Direito “Moisés Legislador”
CECRID - Centro de Estudos Cristianismo e Direito “Martinho Lutero e João Calvino”

Estes núcleos de atividades acadêmicas terão consultoria do Instituto de Educação e Cultura Reformada, que têm como diretor-fundador: Prof. Luis Cavalcante, membro das sociedades científicas: AKET – Associação Kuyper Para Estudos Transdisciplinares - www.aket.org.br e SCB – Sociedade Criacionista Brasileira - www.scb.org.br

Material Necessário para o Desenvolvimento Científico Jurídico (gratuito):

- Prazer da pesquisa científica
- Existe uma Forma Cristã de Pensar
- A Abrangência do Cristianismo – Prof. Dr. Augustus Nicodemus (Chanceler do Mackenzie)
- A Contribuição do Cristianismo para o Surgimento da Sociedade moderna – Prof. Dr. Augustus Nicodemus (Chanceler do Mackenzie)
- A Guerra entre o Cristianismo e a Ciência – Prof. Dr. Augustus Nicodemus (Chanceler do Mackenzie)
- Cristianismo e Pesquisa Científica – Prof. Dr. Augustus Nicodemus (Chanceler do Mackenzie)
- Reflexões de um pesquisador em busca da sabedoria – Prof. Dr. Augustus Nicodemus (Mackenzie)
- Um Apelo em favor da verdade – Prof. Dr. Augustus Nicodemus (Chanceler do Mackenzie)
- Cosmovisão Cristã
- Philosophando Coram Deo
- Como Aprendemos? - Dr. Gordon Haddon Clark
- A Relevância do Teísmo Cristão para a Ciência
- A Ciência e a Reforma Protestante
- Poder Político e Justiça Social na Filosofia Reformacional
- O Cristão e a Lei – Dr. Gordon Haddon Clark
- Responsabilidade e Moralidade são Inseparáveis - Dr. Gordon Haddon Clark
- Intelectualismo Bíblico - Dr. Gordon Haddon Clark
- A Ética do Aborto - Dr. Gordon Haddon Clark
- A Origem do Verdadeiro Conhecimento: O ESCRITURALISMO - Dr. Gordon Haddon Clark
- A basicalidade da crença em Deus segundo Dr. Alvin Plantinga
- Uma Cosmovisão Protestante - Dr. Gordon Haddon Clark
- A Visão Social de Calvino – Prof. Dr. Augustus Nicodemus (Chanceler do Mackenzie)
- Fides et Scientia - Indo Além da Discussão de Fatos
- Pena de Morte - Dr. Gordon Haddon Clark
- O Agostinho da América: Dr. Gordon Haddon Clark
- Introdução à Filosofia Analítica do Dr. Alvin Plantinga
- Introdução a Filosofia Reformacional

03. Atividades de Comunicação do Projeto Grace:

Blog: http://projetograce.blogspot.com
E-mail: projetograce@bol.com.br
Orkut: Projeto Grace

04. O DESAFIO DE PENSAR DE FORMA REFORMACIONAL E TEONOMISTA:

(*)Pensar de forma REFORMACIONAL é perceber e detectar as cosmovisões e os pressupostos reducionistas e limitadores do anti-teísmo, deísmo, naturalismo, secularismo, positivismo, marxismo, liberalismo, cientificismo, historicismo, psicologismo, niilismo, existencialismo, sociologismo, economicismo, antropologismo, culturalismo, multicularismo, nacionalismo, panteísmo, justicialismo, animismo, pós-modernismo e a prepotência, arrogância e fragilidade da AUTONOMIA DA RAZÃO como onipotente e infalível no pensar intelectual. A Escola de pensamento e movimento reformacional é iniciado pelo Dr. Abraham Kuyper, teólogo reformado e calvinista, ministro da educação, fundador da Universidade Livre de Amsterda em 1880 e primeiro-ministro da Holanda de 1901-1905; e fortalecido pelo jurista Herman Dooyeweerd, doutor em direito, reitor e catedrático em Filosofoia do Direito na mesma universidade até a sua morte (1977).

(*)Pensar de forma TEONOMISTA é refletir e agir estruturalmente e essencialmente de forma teísta, cristã e sine qua non a partir da perspectiva do escrituralismo bíblico, aplicando todos os teo-princípios para a educação, cultura, política, economia e jurídico para alcançar de fato o desenvolvimento e maturidade plena de uma sociedade civilizada, tendo como expoentes os intelectuais calvinistas e acadêmicos Dr. Gordon Clark (1902-1985) e Dr. Rousas J. Rushdoony (1916-2001).

05. PRINCÍPIOS DO PROJETO GRACE:

O PROJETO GRACE assume, como pressuposto filosófico-teológico, a compreensão kuyperiana do cristianismo como um sistema total de vida e pensamento, pleno de potencial renovador para a vida humana e para o pensamento teórico.

Assim, O PROJETO GRACE se alicerça sobre os seguintes princípios:

I – O Teísmo Cristão Clássico, com suas afirmações da Personalidade, Trindade, e Soberania absoluta de Deus sobre o Cosmo;

II - As perspectivas reformadas a respeito da Criação, da Queda do homem e da Redenção em Jesus Cristo, como fundamentos necessários a uma cosmovisão cristã;

III - O reconhecimento da autoridade das Escrituras como a Palavra de Deus escrita, inerrante, infalível em tudo o que afirma, e de sua relevância e sustentabilidade para o pensamento acadêmico e organização de um Estado Civilizado e que seja praticante da moralidade;

IV - O reconhecimento da extensão cósmica da missão de Deus, e da integralidade da missão da Igreja no mundo.

O PROJETO GRACE se alicerça sobre os seguintes objetivos:

I - Incentivar e apoiar a comunhão, edificação e fortalecimento dos cristãos na vida de oração, estudo das Escrituras Sagradas, vida de pureza e santidade e desenvolvimento intelectual integral.

II - Incentivar e apoiar o ensino e a pesquisa de tradição cristã reformada nos diversos campos do conhecimento;

III - Promover estudos filosóficos e científicos transdisciplinares, com foco na integração entre a religião e os saberes acadêmicos, no PROJETO GRACE – Unifieo/Direito, o foco é o desenvolvimento de ciência jurídica reformada, reformacional e teonomista; “livre” das mentalidades e pressupostos: anti-teísta, naturalista, secularista, iluminista, marxista, deísta, niilista, panteísta, existencialista e do relativismo pós-modernismo. Tais estudos poderão incluir: (a) problemas de fundamentação dos saberes, (b) problemas internos de cada disciplina, (c) problemas de integração interdisciplinar, (d) problemas de integração de saber acadêmico e cultura popular, e (e) crítica social e cultural;

IV - Promover a publicação e a divulgação das pesquisas dos associados, bem como da produção científica internacional de tradição reformacinal e teonomista para o público de língua portuguesa;

V - Facilitar a comunicação, o debate e a cooperação entre os membros do PROJETO GRACE, bem como entre a PROJETO GRACE e outras associações estudantis de comunhão cristã e científicas;

VI - Promover o serviço dos acadêmicos e pensadores cristãos a igrejas e organizações cristãs a partir da perspectiva reformacional e teonomista, por meio de projetos de conscientização popular, de educação científica e religiosa, e de parcerias em projetos de pesquisa científica.

VII – Promover o PROJETO GRACE em relação aos demais cursos da UNIFIEO.

Esfera Modal Núcleo de Sentido Exemplos de Ciências
15. Fiduciária Certeza transcendental Teologia
14. Ética Imperativo moral/Amor Bioética
13. Jurídica Retribuição, justiça Direito, Política
12. Estética Harmonia, alusividade Estética, Arquitetura
11. Econômica Conservação Economia
10. Sociológica Intercurso Social Sociologia, Ciências
Gerenciais
9.Linguística/Semiótica Significação Semiótica, Filologia
8. História/Formativa Realização cultural; História
poder criativo
7. Lógica Diferenciação racional Lógica
6. Psíquica/Sensória Sensação Psicologia
5. Biótica Vida, vitalidade Biquímica
4. Física Matéria/Energia Física/Química
3. Cinemática Movimento Cinemática
2. Espacial Extensão Geometria Espacial
1. Numérica Quantidade Discreta Matemática

06. ABRAHAM KUYPER:

Foi o principal líder de um movimento denominado NEOCALVINISMO, cujo propósito era promover a vivência do cristianismo bíblico em todas as esferas da vida (política, arte, educação, direito, ciência, igreja, etc) e o seu principal pensamento era:

Não há um só centímetro, em todos os domínios da vida humana, sobre o qual CRISTO, o SENHOR de todos, não clame, “É meu”!

TODAS AS ATIVIDADES SÃO GRATUITAS!





Prof. Luis Cavalcante
Fones: (11) 3448-3124 / 9675-4019

E-mail: cavalcante@luiscavalcante.com
Site: www.luiscavalcante.com

http://sabedoriaverdadeira.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://economiareformacional.blogspot.com

http://iber-ipo.blogspot.com

http://luis-cavalcante.blogspot.com

Faça os cursos gratuitos, com certificados e pela internet de "Filosofia Reformacional”, “Administração Reformacional”, “Economia Reformacional” “Pedagogia Reformacional”, “Educação Infantil Reformada" e "Direito Reformacional" (vários outros temas), todos focado em Aprender a Pensar com Excelência - Superando os Reducionismos do Naturalismo, Deísmo, Niilismo, Existencialismo, Securalismo, Positivismo, Panteísmo-Orientalista e Pós-Modernismo) - Solicite gratuitamente o formulário de inscrição.


SOLI DEO GLORIA / SOLA SCRIPTURA / SOLA GRATIA / SOLA FIDE / SOLUS CHRISTUS